fegarusso 22 / 07 / 2020

Sua falta de fé é perturbadora

Publisher: Electronic Arts
Developer: Respawn Entertainment
Gênero: Action, Adventure
Plataformas: PlayStation 4, Xbox One, Microsoft Windows

Não tente fazer, faça ou não faça. Tentativa não há

Tem sido quase impossível evitar falar de Guerra nas Estrelas nos últimos cinco ou seis anos. Desde o seu retorno bem-vindo à telona com entradas canônicas e histórias paralelas, bem como o novo programa de TV transmitido pela Disney +, a franquia vem quebrando recordes e alcançando novos patamares. Impressionante, mas o que aconteceu com as adaptações dos videogames? A EA pisou na bola com dois lançamentos de Star Wars Battlefront, bem fracos, e cancelou uma infinidade de outros projetos promissores. Seis anos depois de obter a licença, Star Wars Jedi: Fallen Order é a primeira incursão da produtora focada em single player, que se passa na galáxia muito, muito longe, mas ao que parece a espera valeu a pena. A entrada é um dos melhores títulos de Guerra nas Estrelas já feitos, e temos a Respawn Entertainment para agradecer por isso.

Não há nada como as façanhas da família Skywalker, ou como o super poderoso Starkiller, mas as aventuras de Cal Kestis, um Jedi escondido, parecerão muito familiares. Tomando emprestado liberalmente de Dark Souls, Uncharted e todo do gênero Metroidvania, este é um jogo que consegue parecer seguro e familiar, além de ousar na abordagem do conhecimento e do material referencial. Os fãs de Guerra nas Estrelas se sentirão em casa, mas também é uma experiência que garante que aqueles que estão apenas começando a conhecer a força não sejam deixados à deriva.

Isso se deve a uma estrutura impressionante e aberta que permite que você escolha para onde seguir. A bordo da espaçonave Stinger Mantis e sua tripulação, cinco planetas diferentes podem eventualmente ser percorridos - cada um apresentando ambientes enormes e amplos que revelam mais segredos à medida que você acumula mais poderes de força. O progresso pode ser controlado na primeira vez que você visita um local, áreas totalmente opcionais serão perdidas e itens obscuros exigem uma boa quantidade de exploração para serem descobertos. Dá a impressão de que esses locais são reais, orgânicos e críveis, em vez de uma série de corredores que o levam ao próximo objetivo.

Não pode ganhar. Mas existem outras formas de lutar

Aprender várias habilidades abre novos caminhos nos planetas que você já frequentou, recompensando tendências investigativas no processo. Não há sensação mais recompensadora do que abrir uma área completamente nova, rica em segredos, depois de aprender poderes tais como Force Push ou Pull, embora sempre haja algum tipo de ameaça pronta para atacar quando você abaixa a guarda.

Sejam os soldados leais do Império Galáctico ou a vida selvagem de um local que o está perseguindo, é aqui que o título emula a mecânica de uma experiência da From Software de uma maneira bastante pesada. Engajar-se em combate é o que você passará muito tempo fazendo em Star Wars Jedi: Fallen Order, mas isso não é ruim quando é agradável. E é. Sem uma barra de resistência, você está livre para esmagar botões de modo a desferir ataques de sabre de luz e lacerar os inimigos, mas isso só o levará à frustração. É um conjunto de mecânicas que realmente se aproxima de Sekiro: Shadows Die Twice que governam quando você pode e não pode causar danos a um Stormtrooper.

Aparos oportunos são os melhores amigos dos Jedi, mas esquivas e bloqueios também fazem o trabalho. Ataques pesados ​​e poderes de força adicionam profundidade à mistura, graças a alguns movimentos que cancelam os ataques do inimigo, enquanto um arremesso do sabre de luz pode eliminar vários inimigos ao mesmo tempo. Puxar um combatente em sua direção com a força e depois jogá-lo de um penhasco nunca cansa. Nunca é tão difícil quanto um Dark Souls, embora algumas lutas contra chefes provem ser testes sérios. Quanto mais você aumentar a dificuldade, no entanto, mais precisará se concentrar em cronometrar seus movimentos de ataque e defesa.

Tudo isso cria um sistema de combate incrivelmente agradável que prospera quando um pouco de criatividade é adicionada à mistura. Um sistema chamativo de movimentos, contadores e habilidades oferece motivos para experimentar além dos ataques padrão de um sabre de luz, garantindo que você nunca tenha fome de originalidade. Muito foi emprestado da From Software, mas Cal Kestis e companhia fazem o suficiente para dar seu toque próprio à receita.

Você não pode fugir de seu destino

Uma mecânica que o jogo não cansa de repetir seja o uso de pontos de meditação. As cópias das fogueiras de Dark Souls permitem restaurar a saúde, estocar suprimentos de cura e fazem reaparecer todos os inimigos nas proximidades ao se descansar em um deles. Além disso, eles atuam como checkpoints e oferecem a chance de comprar atualizações através do gasto de pontos de habilidade. Você ganhará pontos derrotando inimigos. Soa familiar?

Outra inspiração que pode não ser tão óbvia diante das coisas pode ser encontrada nas expedições cheias de tesouros de Nathan Drake. A travessia vertical é a chave para alcançar vários objetivos, mas depois que você pega o jeito, fica imediatamente óbvio quanto do design e da sensação de Uncharted foi emprestada. A corrida na parede é feita para ser divertida, enquanto a escalada é simples, graças às bordas e fendas óbvias para se segurar. Parece bom e natural, mas você provavelmente será lembrado da franquia da Naughty Dog muitas vezes.

Pode-se argumentar que, quando se trata de jogabilidade, Star Wars Jedi: Fallen Order luta para descobrir sua própria identidade. De fato, a experiência empresta muito de outros títulos de sucesso, mas apenas o suficiente para se diferenciar nas áreas mais importantes. O combate parece único e agradável o suficiente para o jogo considerar o próprio conjunto de mecânicas, enquanto sua natureza aberta torna a exploração um prazer absoluto. A quantidade de possibilidades que um novo poder da força abre é infinita, lhe fazendo retornar a todo e qualquer planeta e explorar novas possibilidades.

Melhor ainda, uma narrativa excelente conecta todos eles. O novato da série, Cal Kestis, se vê envolvido em uma missão para reconstruir a Ordem Jedi. Junto com seu amigo dróide BD-1 e companheiros de tripulação Cere e Greez, a equipe deve se unir para localizar um Holocron contendo uma lista de crianças sensíveis à força antes que caiam nas mãos erradas.

A esperança não foi perdida hoje. Foi achada

O jogo faz uma viagem ousada pela galáxia, cheia de recordações, apresentando uma das melhores histórias num jogo da franquia (e de alguns filmes). Percorrendo reveses e reviravoltas em um ritmo glorioso, é uma narrativa que sempre o mantém alerta, com uma adição deliciosa na trama. Apesar de estar restrito a bipes simples, o BD-1 é um personagem maravilhosamente encantador e carismático, enquanto Greez se destaca mais e mais quanto mais você progride e Cere tem seu próprio passado doloroso para lidar. A tripulação aventureira da nave espacial Stinger Mantis está cheia de sentimentos, mas são as conexões magistralmente criadas entre eles que realmente elevam seus relacionamentos e histórias e levam a um final dramático e incrível.

Embora você não precise ser um fanático pela franquia para entender a essência geral das coisas, certamente ajuda quando se trata de um punhado de referências. Os fãs de Guerra nas Estrelas se sentirão confortáveis, graças a uma narrativa que entende sua posição dentro do universo - introduzindo seus próprios conhecimentos aqui e ali. Atuando quase como uma carta de amor para as prequels, o título se envolve nos eventos da Ordem 66 e nas conseqüências que se seguiram, enquanto faz referência a personagens clássicos e atua como uma ponte entre A Vingança dos Sith e Uma Nova Esperança. Além de manter o humor autodepreciativo clássico de seus Stormtroopers, Star Wars Jedi: Fallen Order vem claramente de um lugar com muito amor e respeito pelo material de origem.

É essa paixão óbvia que torna os contratempos técnicos do jogo ainda mais comoventes. Ele oferece 30 quadros por segundo consistentes e confiáveis ​​- mesmo em um PS4 Pro ou num Xbox One X no modo de desempenho. Enquanto isso, pequenos bugs e falhas assolam a experiência com inimigos e animais que flutuam no ar vez ou outra. Stormtroopers podem ficar presos dentro da geometria do cenário, a física acidentalmente manda Cal voando longe se um galho de árvore balançando não estiver alinhado corretamente, e uma abundância de texturas aparece de modo procedural em vários planetas. No fim das contas, essas são falhas menores, mas o efeito que tiveram em nossa gameplay foi significativo demais para o nosso gosto.

Conclusão

Star Wars Jedi: Fallen Order foi um dos melhores jogos de 2019. Seus envolventes loops de jogabilidade podem ter sido retirados de outros títulos, mas é durante o combate que o jogo realmente brilha com agradáveis ​​duelos com sabres de luz e inúmeras habilidades que mantêm as coisas agradáveis. Apoiado por uma narrativa que trará prazer aos fãs fiéis de Guerra nas Estrelas, sua maravilhosa trama principal e natureza referencial tornam o título uma peça essencial para qualquer pessoa em sintonia com a força. Que a força esteja com você!