fegarusso 16 / 07 / 2020

Bem vindo ao vazio

Publisher: Team Cherry
Developer: Team Cherry
Gênero: Action, Adventure, Metroidvania
Plataformas: Microsoft Windows, MacOS, Linux, Nintendo Switch, PlayStation 4, Xbox One

Nada de vazio

Respire fundo antes de enfrentar este jogo enganosamente simples, porque Hollow Knight: Voidheart Edition é tudo, menos uma concha vazia. Com o lançamento da versão base para diversas plataformas, a DLC e a versão full fazem com que o jogador possa desfrutar de um pacote completo com quatro níveis adicionais que tornam este jogo de plataforma Metroidvania ainda mais digno de sua aclamada crítica e retumbante estréia. Numa época em que os jogos indie de rolagem lateral chegam as dúzias, fica a pergunta: como esse é diferente? Tenha certeza de que essa é uma pepita de ouro que vale a pena minerar.

Parece simples. Não é.

A jornada entrega a você o controle de um inseto sem nome, com nada além de um ferrão confiável que atua como sua espada para se defender. O silêncio do cavaleiro lembra o do famoso Link, pois não pronuncia palavras nem emite sons que possam sugerir quem você é e qual é o seu objetivo. Ele usa esse silêncio em seu proveito, já que o ambiente e os NPCs que habitam o mundo são aqueles em quem você deve confiar para entender a história.

As interações são bem espalhadas e oferecem informações suficientes para manter o fascínio misterioso da história. A maioria dos encontros com outros personagens enfatiza a atmosfera sombria com conversas que às vezes podem fazer você questionar sua certeza e sanidade. É justo dizer que a história, assim como o resto do jogo, está longe de ser simples. Assim, a exploração se torna essencial para que você possa descobrir mais do fundo sombrio deste mundo.

Apesar da implicação de vazio do jogo em seu título (hollow, void), os locais subterrâneos que você descobre são uma delícia de se viajar. Com um fundo artístico tematicamente coeso, semelhante ao nome dada à fase, cada local se distingue um do outro sem perder a aparência surrealista. Hallownest, o reino em ruínas do jogo, reúne uma quantidade considerável de lugares para você descobrir. Da cor opaca de mostarda que dá aos Fungal Wastes sua identidade visual, ao verde médio da primavera que governa as plataformas do Greenpath, Hallownest está longe de ser desprovido de um espectro visual grandemente sensível.

Alma, posso ver sua alma

Assim como você corta seus inimigos para sugar suas almas, o combate e as plataformas o fazem às vezes quebrar seu corpo e alma com uma dor agridoce. Como mencionado anteriormente, a exploração é vital para o progresso do jogo. Explorar áreas com sucesso exigirá que você domine a arte do salto. Enquanto isso, os inimigos lhe concederão Alma, que vem na forma de energia branca em espiral em torno de seu personagem. Ela é armazenada no medidor de Alma, que você pode usar para reabastecer sua barra de vida, através dos vasos da alma, mantendo pressionado um botão correspondente.

Ao confrontar chefes e à beira da morte, o jogo obriga você a pensar com sabedoria para lançar seu feitiço ou recarregar sua saúde, já que ambos usam Alma. Torna-se um jogo literal de gerenciamento de seus recursos. Se você acabar morrendo, não apenas perderá um fragmento do seu medidor de Alma, o que prejudicará o quanto você pode armazenar e se curar, mas também perderá sua própria essência, aparecerá no seu último ponto de salvamento e perderá o Geo, o equivalente a dinheiro aqui. Se isso não soa como punição suficiente, depois de chegar ao local onde você morreu, sua essência paira ali, negra. E para recuperar sua forma, vaso e geo, você deve vencer a si.

Morrer pela segunda vez sem ter restaurado sua essência perdida fará com que você perca permanentemente seu geo. Evidentemente, o jogo não é tímido em punir aqueles que não são rápidos e hábeis, e ao lado de inimigos que em geral servem como obstáculos, a jornada é divertidamente desafiadora. Uma queixa menor com a qual nos deparamos seria haver uma luta real com sua essência sombria, uma vez que são necessários apenas dois hits para que ela se junte a você novamente. Isso torna nada assombroso o embate, especialmente quando a música de fundo que acompanha o confronto que se aproxima marca como se fosse uma luta rememorável. No entanto, os confrontos com os chefes são bastante marcantes.

Lute como um inseto

Os chefes são o teste final para mostrar sua capacidade. Você terá que conhecer o padrão deles e, sem uma barra de saúde pairando sobre o inimigo, as lutas podem ser intensas, fazendo com que você segure seu controle com mais firmeza enquanto reza para que seja capaz de evitar rapidamente o ataque do inimigo bem a tempo de não perder seu último ícone de saúde. Claro, você pode reabastecer sua Alma ao atacar o inimigo, mas alguns deles nem permitem que você respire tempo o suficiente para parar e reabastecer sua saúde. Sem nenhuma indicação sobre se seu oponente pode estar à beira da morte ou não, você será constantemente confrontado e tentado a consumir toda a sua alma para um ataque mais poderoso, como os de feitiço, esperando dar um fim ao embate com esse ataque. Ter que fazer escolhas constantemente faz parte da diversão.

A recompensa no final da luta vale o trabalho. Você ganhará habilidades que lhe permitirão voltar às áreas anteriormente inacessíveis pela falta da habilidade específica recém adquirida. Você pode voltar e enfrentar novos caminhos em que o resultado final é um mistério. Você pode acabar resgatando bichos inocentes presos ou encontrar o caminho para outro comerciante perdido. Há uma variedade abundante de itens colecionáveis ​​que tornam a exploração muito menos onerosa e mais viciante a cada passo.

Música para meus ouvidos

Como em todas as mídias, para capturar a essência atmosférica da história, é necessário o uso apropriado da trilha sonora e do som em geral. Christopher Larkin define o tom sombrio do jogo com o tema principal intitulado 'Hollow Knight', também o tema do menu principal. Composto principalmente por arranjos de piano misturados com violinos, Larkin nunca deixa de apresentar variações nas melodias. Uma sensação de admiração pela trilha é inevitável em locais como Greenpath que possui arranjos mais suaves e divertidos. Uma briga de chefes que ocorre em Greenpath tem violinos fervorosos construindo uma intensidade e urgência que refletem o alvoroço geral da luta.

Quanto ao conteúdo adicional para o qual esta versão está sendo intitulada Voidheart Edition, ela definitivamente adiciona muito mais à experiência. Se o jogo base não for grande o suficiente para explorar e enfrentar, e é, o conteúdo adicional definitivamente aumenta a quantidade de tempo que você gastará com este jogo.

Conclusão

Hollow Knight: Voidheart Edition brilha, mesmo se levarmos em conta sua apresentação solene e jogabilidade desafiadora. Oferecendo uma infinidade de itens colecionáveis ​​e conteúdo para explorar, além de confrontos implacáveis, o jogo oferece uma jornada sensacional e misteriosa que, sem dúvida, testará suas habilidades de plataforma. O conteúdo adicional é incrível e adiciona muito bem à história e aos desafios. É um jogo imperdível para qualquer admirador do gênero, longo na medida certa, com comandos responsivos e desafio de altíssimo nível. Dito tudo, mal podemos esperar por Silksong.