Análise de Games

Análise – Injustice 2: Cada Batalha Define Você

Recentemente descobri uma coisa estranhamento interessante sobre minha jornada de no “Mundo dos Games”: Jogos de luta sempre fizeram parte dela.

Por Luz

“Mas qual é a parte estranha nisso?” você se pergunta. O estranho é que eu meio que nunca me dei conta disso!

Eu não faço o perfil “Gamer Competitivo Extreme” então constantemente via jogos de luta como o pensamento “Vou jogar só pra ver qual é…”. Mas isso mudou esses tempos, enquanto assistia uma série de vídeos sobre a evolução nos jogos de luta, BOOM!!! Uma epifania repentina seguida de um “Caraca! Eu já joguei muitos desses jogos!!!”

E este foi um dos fatores que me trouxe à INJUSTICE 2!!!
“EVERY BATTLE DEFINES YOU”, é curioso ver como esta tag line encaixa perfeitamente tanto no contexto do jogo em si quanto no cenário de jogos de luta como um todo (mas isso fica para outro texto no futuro…)

INJUSTICE 2 dá andamento direto à história de seu predecessor mostrando as consequências da série de batalhas entre nossos os heróis da DC neste universo alternativo onde o vento das asas da borboleta realmente se transformou em tempestade.

O jogo se passa 5 anos após o final do primeiro e a derrota de Superman. Batman lidera outros heróis em busca da recontrução do mundo ao passo que uma nova ameaça intitulada “A Sociedade” busca a dominação mundial. Como se não bastasse ainda temos a chegada de um dos maiores vilões deste universo, BRAINIAC! Que tem um excelente nome inclusive, uma junção das palavras “Brain” (Cérebro) e “Maniac” (Maníaco). Eu prefiro a outra versão com as palavras Brain+ENIAC (o primeiro Computador) porque faz muito mais sentido, mas não se pode ter tudo…

À partir daí a história se desenrola e temos uma série de inusitados e interessantes conflitos entre os mais variados personagens em uma história bastante interessante nos moldes “Jogue um pouco com cada personagem”, fórmula bastante usada mas extremamente eficiente para jogos de luta.

Do elenco de INJUSTICE 1:
– Adão Negro – Aquaman – Arlequina – Arqueiro Verde – Bane – Batman – Ciborgue – Coringa – Flash – Lanterna Verde – Mulher-Gato – Mulher Maravilha – Superman

Novos:
– Atrocitus – Besouro Azul – Brainiac  – Canário Negro – Capitão Frio – Espantalho – Gorila Grodd – Hera Venenosa – Monstro do Pântano – Mulher-Leopardo – Nuclear – Pistoleiro – Robin – Senhor Destino – Supergirl

Confirmados como DLC:
– Arraia Negra – Átomo(Eléktron) – Capuz Vermelho – Darkseid X – Estelar – Hellboy – Raiden – SubZero

É um elenco de personagens bastante rico e diversificado, ainda mais com personagens como Raiden e Subzero e o HELLBOY entrando na luta.

E por falar em “Luta” vamos para o quesito mais importante para um jogo de Luta: A JOGABILIDADE!

Eu poderia ser extremamente profissional e discorrer tecnicamente sobre vários aspectos e mecânicas do combate, mas acho que é melhor simplificar dizendo “INJUSTICE 2 É PRA TODO MUNDO!”.

Com uma jogabilidade que consegue ir do “Soquinho, Soquinho, Soquinho” até o “Combo+Juggling+MeterBurn+Aerial Combo+Special” INJUSTICE 2 dá oportunidade para todo tipo de jogador.
Se você quer passar horas no Modo Treino para aprender aquele combo de 78% de dano vai em frente!
Se você quer pegar seu boneco favorito e sair batendo nos outros não tão favoritos vai lá!
Se você só quer saber o que diabos vai acontecer com o “Superman Do Mau” tranquilo, você vai chegar lá!

Este foi uma das primeiras impressões que tive ao jogar INJUSTICE 2, mesmo não sendo muito bom com alguns dos personagens da história, juntando 2 e 2 eu eventualmente conseguia passar jogando no “Normal”

Grande parte disso se dá pelos controles que respondem muito bem e o sistema de combos que o jogo possui. Em primeira vista pode parecer simples mas, conforme você vai se acostumando ao tempo dos golpes e vendo que “Isso conecta com aquilo” e que “se eu apertar esses 2 botões ao mesmo tempo o golpe muda” dá para perceber o quão vasto e profundo é o sistema de combate desse jogo.

Aliado à tudo isso ainda temos uma qualidade gráfica excelente! É realmente impressionante a qualidade dos modelos de personagens, a riqueza de detalhe dos cenários e todos os efeitos de luz/sombra/partículas que estão constantemente presentes nos combates.

A evolução fica ainda mais evidente se compararmos com Injustice 1 que já era bonito em 2013.

Esta mesma qualidade está presente na animação dos personagens, com uma fluidez e veracidade de alta qualidade, algo que também é muito importante em jogos onde o foco é combate.

Os golpes tem peso, impacto e aquele “feeling” de “esse encaixou de jeito” tornando muito satisfatório mesmo os combates mais simples.

Nesta sequência também foi implementado um sistema de Loot onde o jogador coleta vários equipamentos, armaduras e itens para equipar no seu personagem, ganhando bônus em ataque, defesa, vida e vários outros aspectos incluindo estéticos, já mostrados em uma das capas do jogo:

Havia algum receio sobre isso desbalancear um pouco as partidas mas pelo que vi não chega a “quebrar o jogo” e, nas vezes que joguei, o loot estava bem generoso então com um certo empenho creio que seja possível evoluir um personagem de maneira estável, sem um “Grind” agressivo.

Pelo que pude ver do Online do console a quantidade de jogadores e o tempo para achar partidas está bem satisfatório. Pesquisando um pouco sobre percebi que, de modo geral, a estabilidade de conexão também está boa na PSN/Xbox Live, não impactando os jogadores por Lag ou Queda de conexão.

Outro fator que me agrada muito nesta série de jogos é a DUBLAGEM BR!!!
O excelente trabalho de dublagem para cada um dos personagens é algo que deve ser muito valorizado! Sempre fui fã do Mestre Guilherme Briggs e cresci assistindo Batman dublado por Márcio Seixas com sua grave e inconfundível voz que, na minha opinião, é a “Voz de verdade” do Cavaleiro das Sombras.

Temos também:
– Wendel Bezerra como Lucius Fox/Narrador
– Márcio Simões como Coringa
– Manolo Rey como Robbin/Asa Noturna
– Maíra Goés como Mulher Leopardo
– Iara Riça como Arlequina
– Cássia Bisceglia como Estelar e muitos outros!

Sempre fico feliz de ver que cada vez mais jogos estão recebendo tanto localização quanto dublagem em PT-BR e não canso de elogiar o excelente trabalho feitos por estes excelentes profissionais!

Estes são alguns dos vários motivos pelos quais INJUSTICE 2 é um jogo que merece ser jogado.
Este nível de trabalho, qualidade e empenho deve ser prestigiado por nós jogadores para que cada vez mais tenhamos jogos deste nível no mercado.

Enfim, fica aqui minha recomendação de INJUSTICE 2, com certeza tanto você casual quando você hardcore vai achar seu espaço nesta nova edição da franquia.
E como já disse antes, para mim ele tem o selo de “É pra todo mundo” então vale a pena conferir!!!

Injustice 2
NetherRealm Studios / Warner

*Injustice 2 está disponível para PS4, Xbox One e PC

  • Nathanael Amorim

    Parabéns pela review, detalhada porém sucinta. Realmente é um jogo que agrada todo o público. Sou um jogador casual e gostei muito do modo história e do modo multiverse. Meus amigos não jogam videogame mas quando vêm jogar comigo conseguem se divertir bastante. É um game com profundidade mas mesmo jogadores leigos conseguem se divertir bastante. É o meu jogo de luta preferido, não sou muito bom em games de luta e os outros não me divertem tanto, pois têm mecânicas muito complicadas e meus amigos acabam não se divertindo também. Continuem com o ótimo trabalho e ficarei esperando as próximas reviews.