BKP

BKP #36 – Star Wars: O Ultimo Jedi Apague a Força

E chegamos com mais um BKP, o podcast mais aleatório que as missões do Finn com sua namorada, que usa utensílios elétricos para apimentar a relação.

E neste último cast do ano… Sim! ULTIMO cast do ano porque estamos muito cansados. Chico “Master Jedi” será o mestre dessa jornada que terá tambem, Marlos “O Mestre ancião” de toda sapiência inútil e Rodrigo “Sabre de” Luz, Rafael “O Protetor do Cânone”. Que recebem O Ruivo , diretamente do podcast Bloco 01, para tentar descobrir se as escrituras sagradas de “Jorge” Lucas devem ou não ser queimadas por um raio.

Arte da vitrine: Macksonn
Edição de áudio: Francisco Miller

Confira as participações do Marlos nos painéis da CCXP:
Contribua em nossa Plataforma de Financiamento:
Participe do Grupo de Ouvintes do Player Select!
Feed do Player Select:
      • Acesse o Feed do Player Select
      • Avalie e comente no iTunes
Emails:
Redes Sociais:
  • AzBats

    Primeiramente, obrigado pelo podcast e a discussão de alto nível a respeito de “Star Wars – Episódio VIII”, digo que este é um dos melhores episódios do “BKP” ,ao lado do episódio de outro filme polêmico, “Batman vs Superman” ou simplesmente “BvS”.
    Dito isso não se concordarão mas, creio que Rian Johnson pegou um dos elementos mais presentes na filmografia de Zack Snyder: o slow motion. Na sequência do treinamento da Rey e da primeira lição a ser aprendida pela Rey, o momento em que ela se concentra e utiliza a Força para fazer aqueles fragmentos de rocha flutuarem (cena muito bonita fotograficamente e pelo que ela representa), a cena dá uma desacelerada e lembra em muito a cena de “Homem de Aço” em que Kal-El/Clark Kent se concentra para voar, anulando/reduzindo a gravidade e se propelir pelo céu, antes de levantar vôo fragmentos no solo também flutuam. Outra cena em que o slown motion é utilizado é quando do combate em conjunto/duplo da Rey e Kylo Ren contra a guarda pretoriana do Supremo Líder Snoke. Não sei se viajei demais,mas acredito que houve alguma influência da estética “Snyderiana” em Ep.VIII.
    Novamente obrigado pelo podcast, e para encerrar o comentário: com certeza Daisy Ridley fica muito charmosa de aprendiz Jedi/Jedi, de um episódio para outro ela ficou mais bonita, com mais compleição física e semblante de uma mulher (e não a adolescente de Episódio VII), poucas mulheres ficam tão bem na tela usando um sabre de luz. Obrigado. Boa tarde. Boa noite. Bom dia. E um feliz e bom Natal para todos os envolvidos no episódio de “BKP”.

    • Francisco

      Legal que curtiu o cast, eu adorei o filme, então foi muito legal gravar esse cast! E o de BVS também está na minha lista de episodios favoritos.

      Realmente a comparação com Zack Snyder faz sentido, achei esse filme visualmente muito bonito e até meio dark, elementos que sempre estão presentes nos filmes do Snyder.

      Também curti a Rey nesse filme, mas acho que todo mundo “brilhou” mais dessa vez, fiquei ainda mais curioso pra ver como será o desempenho no proximo filme.

      Abraço e valeu pelo comentario.

    • O Catedratico [Player Select]

      Muitíssimo obrigado pelo comentário. Realmente dentre os BKPs de filmes esse de Star Wars e o de BvS são sem duvida os meus preferidos. E vc acaba de se tornar o meu melhor amigo do universo por também ter essa opinião. rsrs
      Sua analise sobre a influencia de Snyder no estilo do Ep VIII é perfeita. Os paralelos que fez com homem de aço são otimas. A cena das pedras flutuando em ambos os filmes eu realmente adoro. Mas Rian Johnson sabe conectar melhor essas cenas na minha opinião.

      Obrigado

      • AzBats

        E obrigado pelo seu comentário quanto a semelhança entre as cenas. Boa noite.

  • Manteiga No Biscoito

    Gostei do cast, mas deixa os outros falarem, Marlos!

    • O Catedratico [Player Select]

      Me disgurp!