Análise de Games

Análise – Star Wars: Battlefront

Ps Análise 04

*As opiniões retratadas abaixo são de inteira responsabilidade do autor do texto, não retratando a opinião do site. Esse texto não contém spoilers do jogo.

Por Daniel Danlost

Battlefront surgiu de um mod de Battlefield e logo conquistou seu espaço, muito se esperava dessa terceira versão do game, agora estrategicamente aliado ao novo filme da franquia Star Wars, gerando um hype imenso sobre o game, que teve uma Beta aberta disponível a um tempinho atrás e já nos deu o gosto de que algo bom estava vindo, mas será que veio mesmo? Battlefront consegue bater de frente com jogos famosos no gênero FPS, como Halo5 e COD Black Ops3 que saíram próximos? Vamos aos fatos.

Eu nunca curti Battlefield, embora reconheça que o game tem suas qualidades, e essa era uma preocupação minha, será que mesmo não curtindo esse estilo de jogo, mais tático, com veículos num mapa imenso, ainda sim, vou curtir Battlefront?

Para meu alívio, na primeira partida multiplayer que joguei já notei grandes diferenças entre os jogos, e saiba que Star Wars: Battlefront não é um Battlefield com uma skin diferente, tem muita coisa diferente no game, embora os elementos de Battlefield estejam ali, mapas grandes, veículos e modos de jogo mais táticos, porém, acho que a essência de Star Wars presente no game traz outra visão do jogo.

Star-Wars-BattlefrontOlha a minha motoca. Fonte: Star Wars: Battlefront

São dois times, império e aliança, existe todo o lance de upgrade de personagem que ao evoluir seu level desbloqueia novas armas e equipamentos que podem ser comprados pelo jogador ao conquistar pontos nas partidas, até seu personagem é customizável a certo ponto. O jogador pode escolher jogar em 1° pessoa ou em 3° pessoa, veículos como X-Wings e Tie-Fighters, cenários como Tattoine e Endor e até as armas, tudo é cuidadosamente feito para os fãs de Star Wars, e acredite, cada detalhe é visível e admirado.

Os conceitos técnicos seguem o padrão da Dice com Battlefield, som impecável, efeitos de luz marcantes e gráficos muito bonitos, até as características vistas nos filmes antigos são representados no jogo, como a forma que um soldado do império morre, por exemplo. Existem heróis que podem ser controlados, tornando esse momento todo especial, já que isso não acontece sempre no jogo, estão presentes pela Aliança, Luke, Leia Organa e Han Solo, já pelo Império, Palpatine, Boba Fett e o poderoso Darth Vader, e acredite cada um tem características diferentes.

Ferrou! Fonte: Star Wars: Battlefront Ferrou! Fonte: Star Wars: Battlefront

O game vem com o propósito de ser um jogo multiplayer, sem modo história, confesso que esse talvez seja o maior defeito dele, um modo história faz falta no jogo, muito por conta do outro maior problema dele, seu conteúdo.

O jogo tem um modo single, que serve mais como um tutorial e um modo horda, que pode ser jogado até por dois jogadores em tela dividida, mas o especial do jogo esta nos modos multiplayers online, são ao todo nove modalidades, com destaque para batalha, que é o mata-mata em equipe, Esquadrão de Combate, que é um combate entre naves e o modo Caça ao Herói onde um jogador controle um dos Heróis enquanto os outros tentam matá-lo, esse modo foi o que mais me diverti. Mas o modo que mais chama a atenção é o Walker Assalt, que é uma espécie de mini-missão onde cada equipe tem um interesse diferente, nele podemos ver até 40 jogadores no mesmo mapa, o uso das naves em conjunto com os Walkers, e apesar da confusão pelo numero de jogadores, é bem divertido.

Esse deve ser a principal característica do jogo, divertido, e acredite, ele é muito divertido, percebi jogando também que ele é um jogo acessível para quem não joga jogos de tiro, tudo nele é muito básico, desde o uso de equipamentos, armas, até o entendimento dos modos online, isso aliado ao visual e efeitos de luz no jogo, uma dublagem competente em Português, e sem prblemas para encontrar partidas online, sem apresentar bugs ou lags, todos esses elementos transformam esse jogo, num dos mais divertidos multiplayers do gênero.

Mas o game tem problemas, e sérios problemas, como disse anteriormente, ele retrata incrivelmente cenários, armas e equipamentos de Star Wars, porém o número de armas, por exemplo, são bem limitados para um jogo FPS, os cenários então, você conta nos dedos a variação, e os modos de jogo, embora sejam divertidos, não sei se sustentará tanto o game. A EA já disse que o game terá inúmeros DLCs, de cenários, inclusive do novo filme, de armas, e até heróis. Fica o gosto que o game foi lançado pela metade, com muita coisa até pronta que virá por DLC, isso é bem chato.

Saudade de Rogue Squadron! Fonte: Star Wars: Battlefront

CONCLUSÃO
Star Wars Battlefront é um bom jogo, que nos quesitos técnicos se sobressai, com ótimo som, destaque para trilha de Star Wars que da um clima inimaginável para as partidas, efeitos de luz, cenários impecáveis, modos de jogo bem variados, porém com pouco conteúdo e um sentimento de que muito que poderia estar no game de inicio, vira por DLC, isso aliado ao preço muito alto do jogo no Brasil, pode ser o que derrubará o jogo, vamos ver, talvez ainda o hype para o filme, ajude o game a nos divertir por um bom tempo, só o tempo dirá.

Star Wars: Battlefront
DICE / Eletronic Arts

*Star Wars: Battlefront está disponível para Xbox One, PS4 e PC.